Mulher teria sido morta por não aceitar religião do marido

6 11 2008

"Uma mulher identificada como Elizabeth Duhau foi encontrada morta, ontem, com diversas marcas de facadas, na casa onde morava, no Recanto dos Eucaliptos, Miguel Pereira, região Centro-Sul do Estado do Rio de Janeiro. De acordo com a polícia, o suspeito pelo crime é o marido da vítima identificado como João Inácio dos Santos, 41 anos, que teria a matado após a vítima se mostrar contrária à normas da seita religiosa que ele freqüenta. […]

 

Os policiais chegaram a duvidar do depoimento dele, achando que estivesse drogado ou delirando, mas quando chegaram na casa encontraram o corpo. O assassino entregou também a arma do crime. Ele contou aos policiais ser freqüentador de uma seita que não permite a doação de sangue e que em uma conversa em casa a mulher teria dito que, se necessário, doaria o seu sangue para salvar uma vida. "Ele disse que era o vingador de Jeová", revelou um policial que ouviu a história.[…]

 

Inácio também revelou que pretendia matar outras pessoas que descumprissem as doutriunas de sua seita[…]"

 

Fonte: http://noticias.terra.com.br/brasil/interna/0,,OI3308156-EI5030,00-Mulher+teria+sido+morta+por+nao+aceitar+religiao+do+marido.html

 

Fico impressionado com a mania religiosa de fazer proselitismo, mesmo que a força, de pessoas com o credo diferente. Vou citar um amigo do Lesma_samurai "Eu acredito na chuva, mas não preciso fazer ninguém acreditar nela". Eu não acredito no seu Deus amigo. Você pode achar essa sua idéia de Deus maravilhosa e definitiva, mas acredite não é. Quantas pessoas têm deuses pessoais? Diria que todas as teístas têm seu próprio Deus, tendo em vista que o mesmo nunca se manifestou e a teologia tem campo aberto para expor suas "teorias" (sic) sem qualquer base material.

Eu não sei se alguém já te contou isso, mas muito provavelmente não há um pai celestial que olha pela sua integridade todo santo dia. Muito provavelmente ninguém vai voltar para te levar para um paraíso de luz e prosperidade infinita. Seu sofrimento aqui não tem valor algum. Não há vida eterna. Deus não está traçando planos para você. Deus não está te testando, seu sofrimento é banal e não tem significado algum.

É estranho ver que o tal "amor pelo próximo" que Jesus pregava não é praticado pela maioria de seus seguidores. Que matam quem tem opinião diferente da sua, acham justo um bandido ser linchado, revidam agrestes físicas, fazem intriga com a vida alheia, são egoístas e vibram com o sofrimento de desafetos. Jesus quis mudar a natureza humana, só que milhares de anos de evolução não são desfeitos por um homem que vive sob as leis naturais.

Anúncios

Ações

Information

One response

22 06 2011
adejovane

Sou pastor evangélico e, infelizmente a opinião acima expressa a realidade da maioria das denominações. ensinamos doutrinas, mas não aprendemos a amar!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: